saudeLOGO Created with Sketch.

Não deixe seu bicho sozinho

Vai viajar ou precisa passar um tempo fora? Chegam ao Brasil sites que aproximam os donos de cuidadores dispostos a dedicar atenção aos animais

Empresas como Holidog e DogHero lançaram recentemente no país plataformas online com serviços de cuidadores de animais. No caso da primeira, até roedores, cavalos e répteis podem ser atendidos.

O esquema funciona assim: os profissionais e os donos se cadastram e, de acordo com o local de residência, combinam a tarefa (que pode ser desde um passeio curto até hospedagem na casa da “babá”). O legal é que, em ambos os sites, os acompanhantes recebem avaliações de quem já contratou seu trabalho.

O preço é estabelecido pelo cuidador — e há também uma taxa para o site. O veterinário Marcelo Quinzani, do Hospital Pet Care, em São Paulo, reforça que é perigoso deixar gatos e cães sozinhos, principalmente quando filhotes. “Eles podem se acidentar”, explica. Gatos adultos até conseguem ficar uns dois dias desacompanhados, porque são mais independentes. Já os cachorros têm maior necessidade de companhia.

Menu de serviços
O que esses sites oferecem ao seu bicho

CUIDADORES
Enquanto você está fora, uma pessoa pode hospedar seu animal ou ir à sua casa ficar com ele.

PASSEADORES
Dá para contratá-los pelo Holidog. Estudos mostram que os exercícios previnem a obesidade e outros males.

ADESTRADORES
Educam o pet, melhorando a convivência com os donos, as visitas e outros animais.

SEGURO MÉDICO
As empresas trabalham com seguro veterinário e suporte para emergências.

E os hotéis?
Na prática, oferecem o mesmo serviço, com a diferença de que há mais animais no ambiente e horários para atividades, por exemplo. Quinzani comenta que, se o cão não estiver acostumado a outros bichos, poderá se estressar. Mas pondera: “Isso faz parte da adaptação”.