saudeLOGO Created with Sketch.

Leia livros e viva mais

Estudo sugere que a leitura pode aumentar a expectativa de vida em até dois anos

Você tem o hábito de ler livros? Se a resposta for não, convém dar uma repensada nisso. Além de ajudar na educação, existem vários indícios de que eles fazem muito bem à saúde. A última evidência vem da Universidade Yale, nos Estados Unidos, onde pesquisadores descobriram que ler livros aumenta a expectativa de vida.  Para chegar a esse veredicto, a equipe analisou informações sobre 3 635 homens e mulheres de 50 anos ou mais – essas pessoas foram acompanhadas por 12 anos.

Para ter ideia, ficou claro que, em relação a quem não lia livros, as pessoas que o faziam por mais de 3 horas e meia por semana tinham um risco 23% menor de morrer. A leitura de jornais e revistas também contribuiu para aumentar o tempo de vida dos indivíduos — mas o efeito não foi tão significativo.

Leia também: Seu bebê precisa ganhar um livro

Os autores ainda não sabem o que leva a esse benefício, mas acreditam que tem a ver com a melhora da cognição. Vale lembrar que outro estudo, dessa vez da Universidade Emory, também nos Estados Unidos, já havia mostrado que a leitura aumenta a conectividade entre as células do cérebro. 

Aqui no Brasil, infelizmente a quantidade de gente que tem livros na cabeceira não é nada animadora: 30% da nossa população nunca comprou um e 40% não lê uma obra inteira, ou em partes, há pelo menos três meses — os dados são da pesquisa “Retratos da leitura no Brasil”, realizada pelo Ibope por encomenda do Instituto Pró-Livro. 

E você, está esperando o que para escolher uma obra? Além de aparentemente garantir mais tempo de vida, trata-se de um hábito pra lá de prazeroso. É só dar o primeiro passo para provar.