Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Hidratação da pele tem que ser profunda

O creme ideal deve ir muito além de deixar o toque macio e um cheiro agradável

Por Thaís Manarini 1 jun 2021, 10h09

Em pesquisa da marca Bepantol Derma, conduzida pelo Ibope, 61% das 2 mil brasileiras entrevistadas concordaram que a hidratação da pele só é eficaz se for profunda. Significa que 39% precisam aprender mais sobre o tema.

De acordo com a dermatologista Flávia Ravelli, de São Paulo, só uma pele bem hidratada exerce plenamente suas funções — que são várias, incluindo atuar como nossa primeira barreira de defesa contra inimigos externos.

Só que muitos produtos agem de forma superficial, proporcionando apenas a maciez. São os cosméticos. “Por outro lado, há os dermocosméticos, que, além de garantir o toque gostoso, tratam a pele”, frisa. É nessa categoria cheia de atribuições que devemos focar.

Tira-dúvidas

A dermatologista Flávia Ravelli resolve seis questões sobre hidratação

A frequência ideal
A pele vive sofrendo agressões — poluição, vento, calor etc. Para recuperá-la, hidrate todos os dias.

O momento perfeito
“Aplique o hidratante corporal de três a cinco minutos após o banho”, orienta Flávia. A penetração é melhor.

As regiões críticas
Cotovelos, joelhos e calcanhares tendem a ser mais ressecados por causa de atritos constantes.

Continua após a publicidade

Etiqueta do banho
Pelo bem da barreira cutânea, a chuveirada deve ser morna e rápida. Esqueça as buchas vegetais.

E o rosto oleoso?
Ele requer hidratação, sim. Caso contrário, a acne pode piorar. “Indicamos produtos específicos”, diz Flávia.

Tem sabonete aliado?
Sim. Há uma classe chamada syndet, sem agentes agressivos. Mas não substitui o hidratante em si.

Um bom hidratante precisa…

…impedir a evaporação da água da pele

…preencher os espaços entre as células

…funcionar como uma esponja, atraindo água para a pele

…ajudar na renovação das células.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade