saudeLOGO Created with Sketch.

Exaustão dos professores pode estar conectado ao estresse dos alunos

E há evidências de que níveis elevados do hormônio do estresse na fase escolar dificultam o aprendizado

Que muitos professores estão esgotados não é novidade para ninguém. E, segundo um novo estudo da Universidade da Columbia Britânica, no Canadá, essa situação entre os mestres pode estar intimamente ligada com o estresse observado nos alunos. 

Leia também: estresse não tem idade

Os pesquisadores coletaram amostras de saliva de mais de 400 crianças do ensino fundamental e testaram seus níveis de cortisol, hormônio liberado pelo organismo em situações de tensão. Eles descobriram que os professores mais abalados (fisicamente ou emocionalmente) eram justamente aqueles que lecionavam nas salas com alunos identificados com maiores níveis da substância. E é aí que está a encrenca: a alta do cortisol em crianças tem sido considerada grande responsável por dificuldades de aprendizagem e também por problemas relacionados à saúde mental.
Segundo os autores do estudo, a descoberta sugere que o estresse pode estar contagiando a sala de aula inteira. Mas eles ainda não sabem o que veio primeiro: o esgotamento dos mestres ou a estafa dos alunos.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s