Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Estudo brasileiro associa zika à má formação das articulações

O vírus foi ligado a deformidades ósseas e musculares, reforçando a tese de que ele não provoca apenas microcefalia nos fetos

Por Thiago Nepomuceno Atualizado em 22 out 2016, 15h46 - Publicado em 16 ago 2016, 14h39

O zika já foi ligado à microcefalia — mas os cientistas dizem há tempos que os estragos provocados pelo vírus provavelmente não se restringem ao crânio dos pequenos. E uma pesquisa de especialistas pernambucanos, publicada no renomado periódico científico BMJ, dá mais contundência a essa ideia.

A investigação analisou sete bebês com artrogripose, um quadro caracterizado pela má formação das articulações, ocasionando limitação de movimento e menor força muscular. Todas as crianças também tinham infecção congênita presumivelmente causada pelo vírus zika — isto é, quando o agente infeccioso é passado da mãe para o feto. A partir daí, notou-se que o vírus de fato estava associado à artrogripose.

Leia também: Microcefalia, teorias da conspiração, gravidez, vacina… Os 10 dilemas do zika

Mas tem um detalhe: não é que o zika atacou diretamente as articulações. Pelo visto, são os danos provocados por ele no cérebro que, no fim das contas, prejudicam o desenvolvimento de braços e pernas das crianças. Mais uma prova de que temos muito a aprender sobre as consequências dessa infecção. 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação confiável salva vidas. Assine Veja Saúde e continue lendo.

Impressa + Digital

Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Receba mensalmente Veja Saúde impressa mais acesso imediato às edições digitais no App, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e no app.

Blogs de médicos e especialistas.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)