Clique e assine VEJA SAÚDE por R$ 6,90/mês

Dieta para respirar melhor

Surgem evidências de que uma alimentação equilibrada protege contra o DPOC, a doença pulmonar obstrutiva crônica

Por Thaís Manarini - Atualizado em 15 fev 2018, 10h33 - Publicado em 10 jun 2015, 11h44

Apesar de a DPOC sempre ser associada ao tabagismo, aparentemente ele não é o único culpado pelo perrengue respiratório. “Cerca de um terço das pessoas afetadas nunca fumou na vida”, afirma a cientista Raphaëlle Varraso, do Instituto Nacional de Saúde e Pesquisa Médica, na França. De olho nisso, ela e colegas da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, analisaram as respostas de 120 mil homens e mulheres sobre seus hábitos alimentares.

O time descobriu, então, que os voluntários fiéis a um menu balanceado – isto é, cheio de verduras, legumes, frutas e grãos – exibiam um risco três vezes menor de ter DPOC. “Também há indícios de que moderar nas carnes processadas resguarda os pulmões”, completa Raphaëlle.

O suco que dá fôlego para malhar

Ao avaliar 15 portadores de DPOC, experts da Universidade Wake Forest, nos Estados Unidos, notaram que o suco de beterraba dá gás extra durante a malhação. Uma das possíveis explicações tem a ver com a presença de nitrato, que é precursor de óxido nítrico, um potente vasodilatador. Sem falar nos antioxidantes, protetores das vias aéreas.

Publicidade