saudeLOGO Created with Sketch.

Como identificar se a criança está sofrendo com cálculo renal

Os médicos têm flagrado cada vez mais cálculos renais no canal urinário da criançada - e isso tem a ver com os hábitos alimentares. Entenda por quê

O ideal é que a meninada tome meio copo de água por quilo ao dia
Foto: Getty Images

No almoço, um baita hambúrguer acompanhado de fritas. Para o lanche da tarde, um pacote de salgadinhos e um refrigerante. Repita a receita por meses a fio e está armada uma bomba para – surpresa! – os rins. É que essa combinação de alimentos nada saudáveis, além de gordurosa, está repleta de sódio. “E uma dieta rica nesse nutriente aumenta a quantidade de cálcio na urina, predispondo a formação de cálculos renais“, esclarece a pediatra Nilzete Bresolin. Isso explica, em parte, por que nos últimos dez anos cada vez mais crianças têm sofrido com o problema. “Elas ingerem de duas a três vezes mais sódio do que deveriam”, alerta Mauro Fisberg, pediatra e nutrólogo. “E é importante lembrar que esse exagero está por trás não apenas de alterações renais como de casos de hipertensão e obesidade”, acrescenta.

Claro que extrapolar no consumo de alimentos cheios dessa substância não traz a certeza de que uma pedra vai pintar no rim. Os principais alvos são os pequenos que já tiveram casos na família – aqueles cujos pais sofrem de litíase, o nome técnico para os cálculos, têm três vezes mais propensão a desenvolver o transtorno. Peso muito além da conta, sedentarismo e baixa ingestão de água também criam um ambiente favorável à formação dos pedregulhos. “Os rins precisam ser lavados para evitar o acúmulo de substâncias que se aglutinam”, ressalta o médico Miguel Zerati Filho. Por isso, o ideal é que a meninada tome meio copo de água por quilo ao dia – ou seja: uma criança que pesa 20 quilos deve beber dez copos diariamente. “Não é muito, mas, como elas passam horas em frente à televisão e ao computador, deixam a sede de lado”, afirma Nilzete.

Outra recomendação é não abusar de produtos ricos em corantes, como sucos industrializados. “A maioria deles facilita a agregação de cristais na urina“, justifica Maria Goretti Penido. Para bloquear a reunião inconveniente de moléculas nos rins, o conselho é investir nos sucos naturais de limão e laranja – o ácido cítrico dessas frutas é uma arma natural contra os cálculos.

Alguns indícios ajudam a identificar se os rins de uma criança estão em apuros. Confira:

· Infecção urinária

Ela pode ser desencadeada por pedras nos rins ou, ao contrário, provocar o problema

· Dor de barriga

Em vez de dor nas costas, os pequenos às vezes apresentam um desconforto na região abdominal

· Sangue na urina

Chamada pelos especialistas de hematúria, é um dos sintomas clássicos de doenças renais

Só de vez em quando

Não tem jeito. Para evitar o consumo exagerado de sódio, é preciso maneirar em alguns alimentos. Confira abaixo:

· Presunto, salame, mortadela e outros embutidos

· Batata chips, salgadinhos e pipocas

· Refrigerantes

· Condimentos industrializados, como ketchup, mostarda e extrato de tomate

· Alimentos congelados

· Sopas de envelope e temperos prontos, como caldo de carne

Fonte: Julliana Bonato, nutricionista

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s