Clique e assine VEJA SAÚDE por R$ 5,90/mês

Açúcar escondido em bebidas aromatizadas

Análises britânicas encontraram até 25 colheres desse ingrediente em um único copo

Por Thiago Nepomuceno - Atualizado em 28 out 2016, 19h46 - Publicado em 19 fev 2016, 12h18

Mais de 1,7 bilhão de xícaras de café são vendidas todos os anos no Reino Unido. Apesar de sua popularidade, nem sempre essa bebida é preparada de maneira saudável. O grupo Action on Sugar analisou por lá 131 bebidas quentes aromatizadas (como aquelas vendidas na rede de lojas Starbucks). O resultado é preocupante: 98% contêm excesso de açúcar. E tem mais. Nada menos do que 35% das amostras carregam tanto açúcar quanto uma latinha de refrigerante normal. São quase nove colheres de sopa!

E nem as opções tidas como saudáveis escaparam dessa avaliação. A versão extra grande do Chai latte da Starbucks, que também é vendida no Brasil, contém cerca de 13 colheres de sopa de açúcar. Mas atenção! Embora até seja esperado que a quantidade de açúcar nessas bebidas não seja baixa por aqui (até porque o brasileiro tem um paladar adocicado), também não dá pra cravar que as quantidades mencionadas acima sejam iguais em território verde-amarelo. De qualquer jeito, é bom lembrar que uma dieta açucarada está ligada a obesidade, diabete tipo 2 e até problemas no coração. Melhor maneirar.

Publicidade