Clique e Assine VEJA SAÚDE por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Frutas nativas são bem-vindas à nossa flora

Revisão confirma que o consumo regular traz mudanças positivas à microbiota intestinal

Por Ingrid Luisa
5 Maio 2024, 07h00

É uma boa ideia dar uma de patriota ao selecionar os frutos que você leva da feira ou do mercado! Que tal recrutar goiaba, acerola, jabuticaba e outras frutas típicas brasileiras?

Pois elas ajudam a equilibrar a comunidade de micro-organismos do nosso aparelho digestivo e a mitigar a presença de doenças crônicas como hipertensão, obesidade, diabetes, câncer, dentre outras.

É o que constata uma revisão feita por um time da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que incluiu na análise tanto experiências em laboratório como estudos clínicos envolvendo frutas naturais do Brasil e alguns de seus subprodutos, como casca e polpa.

“Esses alimentos possuem diversos compostos bioativos, fibras solúveis e insolúveis, e uma variedade de compostos fenólicos, que são capazes de melhorar mecanismos-chave para o organismo”, afirma a conclusão do estudo.

Vamos degustá-los?

Continua após a publicidade
frutas-nacionais
(Quadro: Editoria de arte/Veja Saúde/Veja Saúde)

+Leia Também: Quer cuidar da dieta e do ambiente? Priorize frutas e hortaliças nativas

O que elas têm de especial

Componentes protetores dão as caras nos frutos brasileiros

Compostos bioativos
Nada mais são do que moléculas naturalmente encontradas em alimentos de origem vegetal que exercem efeitos benéficos à saúde humana se consumidos de forma regular. Compostos fenólicos e antioxidantes são encontrados em frutas e hortaliças.

Continua após a publicidade

Tipos de fibras
Tanto as solúveis como as insolúveis são críticas para a saúde intestinal. Elas alimentam as bactérias benéficas da microbiota, auxiliam na absorção de certos nutrientes e melhoram a sensação de saciedade e a mobilidade do intestino, espantando a constipação.

Derivados nutritivos
Como muitas dessas frutas são regionais, nem sempre é fácil encontrá-las em todo o país. Mas dá para tirar proveito delas por meio de seus subprodutos e derivados naturais. É o caso de polpas para suco, cascas para uso em receitas e farinhas e mesmo os frutos secos.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.