Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Antes de ser consumido, atum cru tem que passar pelo congelador

O resfriamento mais intenso reduz o risco de proliferação de bactérias encontradas no pescado fresco

Por Thaís Manarini Atualizado em 21 fev 2020, 10h31 - Publicado em 25 abr 2019, 10h10

Ao avaliar 85 amostras de atum fresco — pescados em Santa Catarina e vendidos em São Paulo —, a biomédica Eliana Scarcelli Pinheiro percebeu que 11,7% estavam contaminadas com Campylobacter jejuni. Foi a primeira vez que a bactéria apareceu nesse peixe.

“Ela está ligada a problemas intestinais, como diarreia”, explica a pesquisadora, que conduziu a análise pelo Instituto Biológico, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Em crianças e idosos, grupos mais sensíveis, os sintomas podem ser piores.

Por isso, se a intenção for comer o atum cru, a dica de Eliana é congelar o peixe logo após a compra. “A bactéria é suscetível a baixas temperaturas”, justifica. Ou seja, o método ajuda a impedir que os micróbios se proliferem.

Prefere cozinhar o peixe? Aí não precisa se preocupar. “Desde que bem cozido, as bactérias são eliminadas”, conta a biomédica.

O que observar ao comprar atum

Olhos: devem ser brilhantes e ocupar toda a órbita. Se estiverem esbranquiçados ou afundados, esqueça.

Escamas: precisam estar firmes, translúcidas e bem aderidas ao corpo ou às postas.

Brânquias: o ideal é que exibam uma cor entre o rosa e o vermelho e sejam úmidas e brilhantes.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação confiável salva vidas. Assine Veja Saúde e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e no app.

Blogs de médicos e especialistas.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Receba mensalmente Veja Saúde impressa mais acesso imediato às edições digitais no App, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês