Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

A jornada do paciente brasileiro com câncer

Rastrear, diagnosticar e tratar o câncer adequadamente sempre foi um desafio no Brasil, e a situação se agravou com o coronavírus

Por Da Redação 30 abr 2021, 19h07

Dificuldade de acesso a tratamentos modernos, desigualdade no atendimento entre serviços públicos e privados (e mesmo entre hospitais do SUS), demora no diagnóstico… Há vários desafios que atrapalham o cuidado com o câncer no Brasil, e que foram agravados pela pandemia de coronavírus.

Nesta entrevista, originalmente feita ao vivo nas redes sociais de Veja Saúde, a psico-oncologista Luciana Holtz discute os caminhos para melhorarmos o atendimento contra o câncer em diferentes etapas, do rastreamento aos cuidados paliativos. Fundadora e presidente do Instituto Oncoguia, Luciana antecipou discussões que serão aprofundadas no Fórum Nacional Oncoguia, que acontece entre os dias 4 e 7 de maio, de maneira online, com a participação de grandes referências na área. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas clicando aqui.

Para acompanhar ao vivo as transmissões que fazemos e deixar suas perguntas ou comentários, basta ficar de olho nas nossas redes sociais.

Publicidade