Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Um remédio, dois efeitos contra a osteoporose

O anticorpo monoclonal romosozumabe, primeiro medicamento com ação dupla nos ossos, é liberado no Brasil

Por Chloé Pinheiro
23 mar 2021, 09h42

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso no país do romosozumabe, um reforço de peso frente à osteoporose. A doença que fragiliza o esqueleto atinge, estima-se, cerca de 10 milhões de brasileiros.

Desenvolvido pela Amgem, ele é um anticorpo monoclonal que impede a reabsorção óssea e, ao mesmo tempo, estimula a produção de mais tecido ali. “Nos estudos que motivaram a aprovação, o remédio promoveu um ganho de massa óssea muito superior aos medicamentos já disponíveis”, explica o ginecologista Ben-Hur Albergaria, da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo).

A novidade é indicada para mulheres na pós-menopausa com alto risco de fratura e a pessoas que não obtiveram sucesso com a terapia-padrão. O tratamento é feito com injeções mensais por um ano.

Formação e reabsorção óssea

O osso é um tecido dinâmico. Sua manutenção é feita pelos osteoclastos, células que removem parte do tecido, a chamada reabsorção, e pelos osteoblastos, que promovem a fabricação de mais osso. Com o tempo, entretanto, perdemos a capacidade produtiva e o déficit aparece. A perda do equilíbrio entre esses dois processos é natural da idade, e deflagra a osteoporose.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A saúde está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA SAÚDE.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.