Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Para prevenir o coronavírus, troque as lentes de contato pelos óculos

Especialistas recomendam abdicar das lentes de lado durante a pandemia da Covid-19, porque usuários tendem a passar mais as mãos nos olhos

Por Maria Tereza Santos Atualizado em 18 ago 2020, 10h47 - Publicado em 2 abr 2020, 18h01

Uma das formas de prevenir o novo coronavírus (Sars-Cov-2) é não levar as mãos ao rosto. Acontece que quem utiliza lentes de contato costuma manipular os olhos mais vezes. Por isso, a Academia Americana de Oftalmologia emitiu um comunicado orientando essa turma a optar pelos óculos durante a pandemia.

A oftalmologista Alessia Braz, da ZEISS, faz um adendo: no isolamento social, algumas pessoas tendem a encarar o celular, a televisão e mesmo o computador com mais frequência — o que promove coceira, vermelhidão e irritação nos globos oculares.

“Esses sintomas, por sua vez, dão vontade de pôr os dedos nos olhos e são mais evidentes nos usuários de lentes de contato”, raciocina a especialista.

Além de diminuir a vontade de cutucar os órgãos da visão, os óculos funcionam como uma barreira física, protegendo-os de gotículas emitidas por pessoas infectadas ao conversarem ou tossirem, por exemplo.

“No entanto, essa não é a função prioritária dos óculos. Eles não oferecem 100% de segurança, já que a saliva consegue passar pelos espaços laterais, por cima e por baixo. Ou mesmo entrar pela boca ou pelo nariz”, alerta Alessia. Ou seja, nada de achar que está imune ao coronavírus só porque usa esse equipamento.

Agora, se você precisa colocar a lente de contato por alguma razão, não deixe de lavar as mãos frequentemente com água e sabão (ou usar o álcool em gel), principalmente antes e depois de colocá-la ou retirá-la.

Continua após a publicidade

“Dê preferência às lentes de descarte diário, evitando assim a manipulação excessiva”, sugere a oftalmologista.

Como higienizar os óculos corretamente

Não adianta fazer a troca sugerida pela Academia Americana de Oftalmologia e pecar na limpeza. Afinal, o Sars-Cov-2 também pode se alojar temporariamente nas lentes e em outras peças dos óculos. “A higienização deve ser realizada diversas vezes ao dia”, orienta a Alessia.

A expert informa que o ideal é adquirir lenços umedecidos próprios para limpar o objeto. Mas vale usar a boa e velha dupla formada por água e sabão (ou detergente neutro).

“Tente não pôr ou tirar sem necessidade os óculos ou colocá-los sobre mesas e outras superfícies que podem estar contaminadas”, orienta a profissional. Ah, e nada de ceder à mania de pôr as hastes na boca.

Um último recado: não limpe o objeto com o álcool em gel. “O produto é capaz de danificá-lo, além de comprometer a saúde ocular e causar queimaduras”, finaliza Alessia.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação confiável salva vidas. Assine Veja Saúde e continue lendo.

Impressa + Digital

Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Receba mensalmente Veja Saúde impressa mais acesso imediato às edições digitais no App, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e no app.

Blogs de médicos e especialistas.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)