Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Autismo: como cuidar da saúde bucal de crianças com o transtorno

Características típicas do autismo colocam em risco a saúde da boca das crianças. Mas um manual ajuda pais e cuidadores a driblarem essas situações

Por Maria Tereza Santos
Atualizado em 29 jan 2019, 09h29 - Publicado em 29 jan 2019, 09h14

Sensibilidade ao toque da escova, desconforto ao sentir a mão do adulto no rosto, dificuldade para cuspir e manter a boca aberta… Devido a alterações sensoriais próprias do distúrbio, crianças autistas são mais suscetíveis a alguns perrengues no momento de escovar os dentes.

Por isso, o geofísico Eder Cassola Molina, professor da Universidade de São Paulo e pai de um menino com a condição, teve a ideia de criar uma cartilha online que ensina a fazer a higiene bucal desses pequenos.

“São poucos os profissionais focados em atendê-los. Então, queremos auxiliar na prevenção de cáries e doença periodontal”, conta a dentista Adriana Gledys, especializada em pacientes com necessidades especiais e uma das autoras do material.

O que fazer na hora da escovação

A escova: escolha uma de cabeça pequena e cabo longo. “A mão próxima ao rosto causa desconforto na criança”, justifica a dentista Adriana Gledys.

Continua após a publicidade

Creme sem sabor: use um creme dental convencional com flúor. “O sabor mais forte ajuda a cuspir. Dentifrícios com sabor estimulam a ingestão”, explica Adriana.

De um a dez: inicie escovando os dentes de cima e vá da esquerda para a direita, fazendo círculos e contando até dez. Dê uma pausa e continue.

Continua após a publicidade

Na ordem certa: cole ilustrações mostrando cada etapa da escovação perto da pia. Saber exatamente como começa e termina deixa a criançada com o transtorno mais tranquila.

Abre o bocão: nem sempre o pequeno entenderá o seu pedido. Ensine como fazer usando fantoches ou os próprios brinquedos.

Seja exemplo: mostre que a higiene bucal também faz parte da sua rotina. “Quando for escovar os dentes, leve-o junto para ver”, sugere Adriana.

Continua após a publicidade

Para ter acesso ao manual completo, clique aqui.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A saúde está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA SAÚDE.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.