Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Amamentação pode evitar Covid-19 em bebês

Achado brasileiro reforça importância do aleitamento na defesa da criança

Por Regina Célia Pereira Atualizado em 30 mar 2021, 16h25 - Publicado em 15 jan 2021, 14h27

Já se sabe que o leite materno é essencial à imunidade dos pequenos, só que a pandemia despertou receios, sobretudo nas mães infectadas pelo coronavírus. Mas uma pesquisa da Faculdade de Medicina do ABC com 218 mulheres que testaram positivo em algum momento da gravidez vem atenuar as inseguranças.

“É possível afirmar que a Covid-19 não é transmitida por meio da amamentação nem durante a gestação”, conta a pediatra Fabíola Suano, uma das líderes do estudo. Num dos casos examinados, a equipe comprovou, após analisar o colostro de uma mulher que tinha Covid ao dar à luz, que esse leite carrega anticorpos capazes de neutralizar o vírus.

Uma espécie de vacina

Ingredientes protetores abundam no leite materno: 

Imunoglobulinas: São anticorpos que conseguem bloquear vírus, inclusive o Sars-CoV-2, prevenindo seus estragos.

Interleucinas: Essas substâncias ajudam a modular o sistema imune: protegem o bebê de infecções e alergias.

Pre e probióticos: O alimento oferece bactérias do bem e compostos cruciais à formação da microbiota intestinal.

Continua após a publicidade

Lactoferrina: Proteína presente no colostro e no leite em si, trabalha na linha de frente da imunidade.

Cuidados ao dar de mamar

Se houver suspeita ou confirmação de Covid-19, nunca deixe de…

…lavar as mãos por 20 segundos antes de pegar o bebê ou retirar leite do peito.

…usar uma máscara que cubra nariz e boca.

…evitar falar durante a mamada.

…trocar a máscara em caso de tosse ou espirro.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade