Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Nutrição + matemática = saúde

Estratégia inovadora multiplica conhecimento sobre alimentação na sala de aula

Por Chloé Pinheiro (colaboradora) Atualizado em 22 out 2016, 17h13 - Publicado em 5 nov 2015, 12h38

Os estudantes da rede municipal da pequena cidade de Pinhal do Sul, no Rio Grande do Sul, apresentavam taxas relevantes de obesidade. Preocupada, uma nutricionista de lá sabia que era mais do que necessário desenvolver ações para reverter o quadro.

Ao conversar com um professor de matemática de um dos colégios locais, ela descobriu que os alunos também não iam muito bem nessa matéria. Assim, pensou em unir a ciência dos alimentos e a dos números para melhorar o entendimento de ambas entre a garotada. 

Para começar, foram selecionados 31 adolescentes de duas escolas. Eles passaram por avaliação física e, depois, tiveram aulas especiais que passeavam entre as duas áreas do conhecimento. Assim, aprenderam sobre pirâmide alimentar e propriedades nutricionais enquanto calculavam regra de três, porcentagens e por aí vai. No fim, quem participou do intensivão ainda compartilhou o aprendizado para outras turmas. 

Conclusão: fora o progresso nas notas de matemática, os jovens ainda melhoraram seu conhecimento sobre os alimentos.  A soma de esforços em diferentes disciplinas culminou na conquista do Prêmio SAÚDE 2012 na categoria Políticas Públicas. E a décima edição desse prêmio, que destaca os avanços feitos por um Brasil mais saudável, está em sua reta final. Saiba mais aqui

Continua após a publicidade

Publicidade