saudeLOGO Created with Sketch.

Cigarro na escola

Projeto encena a luta contra o tabagismo na sala de aula para conscientizar jovens de Curitiba

O dado era assustador: 80% dos estudantes na faixa dos 11 aos 15 anos da capital do Paraná já tinham experimentado o cigarro. A maior incidência do país, de acordo com o Ministério da Saúde. O número instigou pesquisadores do Instituto de Oncologia do Paraná a criarem uma estratégia diferente, que conscientizasse de verdade os jovens sobre os perigos desse vício.

Depois de muito estudo, o grupo desenvolveu uma peça de teatro para ser apresentada em salas de aula. A intenção era fugir do formato palestra que, convenhamos, dificilmente prende a atenção de adolescentes. 

A encenação, que mostrava a interação entre um garoto que cogita fumar para agradar os amigos e a sua consciência, foi assistida por mais de 15 mil escolares. A peça, recheada de informações, abriu espaço para a discussão do tema na classe. 

Com os diálogos, os personagens exemplificaram a influência dos colegas, da propaganda e dos pais no consumo do tabaco. Esses últimos, aliás, são bem importantes aqui. Tanto é que muitos dos espectadores deixaram depoimentos em que pediam para os familiares pararem com as tragadas. 

A receptividade de “Tabagismo, uma questão de consciência” foi excelente. E a atuação precisa dos especialistas paranaenses lhes garantiu a vitória na categoria Saúde da Criança do Prêmio SAÚDE 2007.  A premiação, que reconhece os protagonistas da luta por um Brasil mais saudável, está em sua décima edição – e você pode saber tudo sobre ela clicando aqui.