Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Chás e frutas contra o câncer

A dupla contém substâncias que ajudam a afastar tumores de ovário, um dos tipos mais difíceis de diagnosticar

Por Juliana Duarte Atualizado em 17 fev 2017, 14h11 - Publicado em 17 fev 2016, 11h37

Pesquisadores da Universidade de East Anglia, no Reino Unido, descobriram que o consumo de flavonóis e flavononas, duas subclasses dos flavonoides, diminui o risco de o câncer de ovário dar as caras. Os flavonóis podem ser encontrados no chá preto, na uva e no vinho tinto, por exemplo. Já as flavononas estão em frutas cítricas, como laranja, abacaxi, limão e laranja.

O elo foi identificado após a análise dos hábitos de 171 940 mulheres durante três décadas. A explicação é que tais compostos evitam inflamações e auxiliam a manter a saúde das células, propriedades que rendem uma proteção para o par de glândulas femininas. “Incluir esses produtos no cardápio seria uma forma de reduzir a probabilidade de enfrentar um câncer ali”, diz Aedin Cassidy, líder do trabalho.

2 xícaras de chá-preto por dia = 31% menos risco de o tumor de ovário aparecer

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação confiável salva vidas. Assine Veja Saúde e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e no app.

Blogs de médicos e especialistas.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Receba mensalmente Veja Saúde impressa mais acesso imediato às edições digitais no App, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês