Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Novo aparelho permite realizar cirurgias e exames ao mesmo tempo

Tecnologia chega ao mercado brasileiro prometendo reduzir tempo de recuperação e melhorar a taxa de sucesso de procedimentos cirúrgicos

Por Chloé Pinheiro 27 fev 2021, 16h54

Chegou ao Brasil o Alphenix 4DCT, equipamento que combina, na mesma máquina, recursos para realizar procedimentos guiados por angiografia, ultrassonografia e tomografia computadorizada.

“Durante a realização de um tratamento para câncer, por exemplo, normalmente o médico precisa primeiro bloquear o fornecimento de sangue para o tumor e, no segundo momento, realizar a ablação [queima] guiada pela tomografia. Com o aparelho, é possível fazer os dois procedimentos ao mesmo tempo”, ilustra Thiago Ishihara, gerente de produtos da Canon e um dos responsáveis pela novidade no país.

Espera-se que a tecnologia minimize o risco de complicações, como a infecção hospitalar, e facilite a recuperação no pós-operatório. O primeiro exemplar em atuação na América do Sul está disponível no Real Hospital Português, em Recife.

  • Como funciona o equipamento

    O cirurgião pode inserir em uma das artérias do paciente um instrumento que permite captar imagens (a angiografia) e realizar pequenas intervenções. Ao mesmo tempo em que a câmera vê o estado dos vasos por dentro, a tomografia fornece imagens tridimensionais em tempo real.

    Além de reduzir a circulação do paciente pelo hospital, algo importante em tempos de Covid-19, o grande diferencial da novidade é o ganho de tempo que ela promove. Transferir o indivíduo de uma angiografia para a tomografia normalmente leva 45 minutos. Com o Alphenix, são apenas 30 segundos.

    Mais tecnologias para cirurgias vindo aí

    Robô Versius
    O Versius promete democratizar o acesso à cirurgia robótica no país. CRM Surgical/Divulgação

    O advento dos robôs cirúrgicos empolgou a comunidade médica anos atrás. De fato, eles são vantajosos, mas bem caros, e até hoje permanecem disponíveis em poucos hospitais no Brasil. Pois está sendo analisado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o Versius, da CMR Surgical, que promete “democratizar o acesso” à cirurgia robótica no país.

    Mais compacto e barato, ele pode ser adquirido em módulos e movido por diferentes salas do centro cirúrgico. Cerca de mil intervenções já foram feitas com ele no mundo, em países como Reino Unido, França e Índia, segundo a fabricante. Entre os benefícios observados, melhores resultados e menor tempo de internação.

    Continua após a publicidade
    Publicidade