Clique e Assine VEJA SAÚDE por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Desafios das doenças raras afetam multidão na América Latina

Milhões de pessoas que convivem com condições incomuns sofrem com falta de acesso a diagnósticos e tratamentos

Por Larissa Beani
10 jul 2024, 08h57

Fragmentada. É assim que a América Latina é descrita em relatório recém-publicado sobre o enfrentamento de enfermidades raras — aquelas que acometem até uma em cada 2 mil pessoas — na região.

O trabalho analisou e pontuou oito países sob cinco aspectos: legislação, engajamento, registro de terapias, custos e reembolso. Enquanto algumas nações zeraram diversas categorias, o Brasil se destacou com nota máxima em todas elas.

“Nossa política nacional serve de exemplo e inspiração aos vizinhos, ainda que haja muito a avançar em diagnóstico precoce”, avalia Andressa Federhen, diretora de Medical Affairs da PTC Therapeutics, apoiadora do estudo.

Na ausência de proteção legal, organizações civis se tornaram essenciais na defesa dos direitos dos pacientes latinos.

+ Leia também: Doenças raras em crianças: a importância do diagnóstico precoce

Êxito nacional

Apoio formal

Há dez anos, foi aprovada a Política Nacional de Atenção Integral às Pessoas com Doenças Raras.

Assistência

Rede com 31 centros especializados está presente em todas as regiões do país e cresce gradualmente.

Continua após a publicidade

Engajamento civil

Entidades sem fins lucrativos impulsionam conquistas e dão apoio às famílias.

doencas-raras-america-latina-ranking
Ranking do tratamento de doenças raras em países latino-americanos (Laura Luduvig/Veja Saúde)
Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.