Clique e assine com até 72% de desconto

O Uber dos personal trainers

Aplicativo vira saída para alunos e professores de educação física driblarem o isolamento social imposto pela pandemia

Por Diogo Sponchiato 14 ago 2020, 13h37

A Covid-19 ainda faz milhões de brasileiros ficarem mais tempo em casa, e isso mudou o jeito de se exercitar. Mesmo com a retomada das academias, há quem prefira treinar no próprio lar. É aí que avança no Brasil a plataforma Magic Fitness, que conecta personal trainers a alunos pelo celular ou computador.

Por vídeo, o professor ensina e acompanha o cliente, e este visualiza os movimentos, tira dúvidas e é corrigido ao vivo. “Nos últimos meses, o número de aulas dadas triplicou. Só em junho foram mais de mil personal trainers cadastrados em menos de dois dias”, revela Ruy Drever, sócio-fundador da startup, que também seleciona os profissionais.

“Os programas de treino são determinados por um algoritmo de acordo com perfil, objetivos e limitações do aluno. E a ferramenta garante que, mesmo com professores diferentes, exista um acompanhamento da sua evolução”, relata Drever.

  • Publicidade