Clique e assine VEJA SAÚDE por R$ 6,90/mês
O Futuro do Diabetes Por Blog Carlos Eduardo Barra Couri é endocrinologista e pesquisador da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP), além de autor do livro O Futuro do Diabete (Ed. Abril). Aqui ele mapeia os cuidados e os avanços para o controle do problema

Infecção por coronavírus pode induzir o aparecimento do diabetes?

Pesquisadores suspeitam da relação entre a Covid-19 e o diabetes. Nosso colunista, que acompanhou o congresso americano de diabetes, comenta o que se sabe

Por Dr. Carlos Eduardo Barra Couri - 20 jun 2020, 10h31

Desde o início da pandemia, as estatísticas apontam para um maior risco de formas graves de Covid-19 em pessoas de maior idade e com doenças crônicas. Nesse contexto, o diabetes aparece como um importante fator para complicações da infecção pelo coronavírus.

Um dos pontos de interrogação levantados no momento é se o vírus Sars-CoV-2 poderia inclusive provocar o aparecimento do diabetes em quem não tem a doença. Isso veio à tona no último congresso da Associação Americana de Diabetes (ADA), realizado há pouco de forma virtual.

Na ocasião, inúmeros médicos e pesquisadores de todo o mundo compartilharam relatos de casos de desenvolvimento da doença em pessoas que tiveram Covid-19. Do ponto de vista biológico, parece plausível uma relação de causa e efeito. Isso porque células localizadas no pâncreas também expressam o receptor ECA2, utilizado pelo coronavírus para penetrá-las e fazer seus estragos.

Em um artigo científico publicado ainda em 2010, pesquisadores do Beijing Tongren Hospital, na China, examinaram o descontrole da glicose em 39 pessoas que adquiriram uma virose pulmonar grave pelo vírus Sars-CoV-1, o primo mais velho do novo coronavírus.

Continua após a publicidade

Desses 39 pacientes, 20 desenvolveram elevações agudas de glicose durante a internação e, após três anos, só duas dessas 20 pessoas tiveram diagnóstico de diabetes confirmado. Isso indicou que o aumento da glicose foi apenas agudo e não persistente.

Para tentar responder em definitivo se, na pandemia atual, o novo coronavírus é capaz de induzir o diabetes, um grupo internacional de cientistas criou o projeto chamado CoviDIAB. Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos e ver como essa história será escrita.

Publicidade