saudeLOGO Created with Sketch.

Tai chi alivia insônia em mulheres que tiveram câncer de mama

Essa arte milenar surge como opção para um problema relativamente comum entre as sobreviventes da doença

Atualmente, um dos tratamentos mais usados para ajudar mulheres que passaram por um câncer de mama a superar a insônia é a terapia cognitiva comportamental. Esse método consiste em, com a ajuda de um profissional, identificar e mudar pensamentos e comportamentos negativos que afetam a capacidade de pegar no sono. Agora, experts da Universidade da Califórnia em Los Angeles, nos Estados Unidos, realizaram uma pesquisa que aponta um novo caminho: o tai chi chuan.

Essa arte marcial milenar chinesa é um tipo de meditação em movimento: o praticante executa gestos lentos, que exigem concentração, boa postura e respiração adequada. Veja um exemplo no vídeo abaixo:

A avaliação foi feita com 90 voluntárias entre 44 e 83 anos que já tiveram esse tipo de tumor, sendo que todas demoravam para adormecer em pelo menos três dias da semana. Uma parte desse grupo frequentava sessões semanais de terapia comportamental e a outra participava de aulas também semanais de tai chi. Ao final do experimento, as duas turmas relataram melhoras significativas e, surpreendentemente, em proporções semelhantes.

 

 

O tai chi chuan não só se provou tão eficiente quanto, em uma investigação prévia dos mesmos pesquisadores, apresentou um benefício extra: controlar inflamações do corpo. Isso, em teoria, reduziria o risco de o tumor voltar.

Os cientistas ressaltam ainda que a maioria das mulheres continuou a praticar o exercício em questão após o fim da análise. “(…) Elas reconhecem que as abordagens de atenção plena, ou intervenções no estilo de vida, podem realmente protegê-las”, interpreta Michael Irwin, líder do estudo.