saudeLOGO Created with Sketch.

Se eu tenho intolerância à lactose, meus filhos também terão?

Nesse caso, tudo depende de uma combinação genética desfavorável

Nem sempre. A hipolactasia do adulto — nome oficial da deficiência de lactase que costuma ocorrer após o desmame — pode, sim, ser transmitida. Isso depende, porém, de uma combinação genética. A intolerância à lactose tem natureza recessiva, isto é, a pessoa precisa herdar dois genes assim (um do pai e outro da mãe) para o distúrbio se manifestar.

 

Leia também: Faz sentido tirar lactose da dieta por conta própria?

 

Já a persistência da lactase — em outras palavras, a capacidade de produzir a enzima a vida toda sem nunca sofrer perrengues ao ingerir lactose — é dominante. Nesse caso, basta um gene com essa característica para a chateação ser afastada. Então, se a mulher tiver dificuldade de digerir o açúcar do leite, mas o marido não (ou vice-versa), há boa probabilidade de o filho escapar da intolerância, porque um dos genes que ele receberá pode ser o da persistência, o dominante.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s