saudeLOGO Created with Sketch.

Produtos de combate à acne são bem avaliados pela Proteste

A associação analisou a eficácia de oito marcas de cuidados para a pele — e todas foram aprovadas. Mas houve diferenças entre os itens

A acne começa com a estimulação excessiva das glândulas sebáceas — a grande produção de gordura entope os poros da pele, o que é um atrativo para as bactérias. Para combater esses micróbios, as células de defesa entram em ação, mas acabam gerando o pus junto com os agentes infecciosos: eis a espinha.

Uma boa maneira de amenizar a condição é controlar a oleosidade da cútis com o auxílio de produtos específicos, como os examinados recentemente pela Proteste – Associação Brasileira de Defesa do Consumidor. A entidade investigou cinco sabonetes líquidos e três géis. Confira abaixo:

  • La Roche-Posey (gel)
  • Darrow (sabonete)
  • Vichy (gel)
  • Neutrogena (sabonete)
  • Dermotivin (sabonete)
  • L’oreal (sabonete)
  • Asepxia (gel)
  • Clean & Clear (sabonete)

O levantamento se dividiu em duas partes: a primeira, conduzida por profissionais em laboratório, verificou a eficácia, qualidade e rotulagem das marcas. Já a segunda incluiu 30 mulheres que qualificaram odor, consistência, quantidade de espuma, sensação de limpeza e diminuição da oleosidade.

 

Veja também

 

O teste científico mostrou que o produto da La Roche-Posay foi o mais eficaz para conter o sebo, seguido pelo da Neutrogena. O sabonete da Dermotivin e o gel da Asepxia apareceram no fim da lista, mas se demonstraram proveitosos mesmo assim. Com relação à embalagem, a Neutrogena recebeu uma nota ligeiramente mais baixa por apresentar letras pequenas, difíceis de serem lidas.

Quanto à experiência das usuárias, o mais bem cotado foi o item da Vichy, enquanto o da Asepxia apresentou a menor satisfação – porém, ainda assim, recebeu uma boa nota. Segundo as participantes, as opções da Dermotivin e da Neutrogena deixavam o rosto com sensação de repuxo, enquanto as da Vichy e da L’Oreal foram elogiadas pelo cheiro e pela suavidade.

Todos esses artigos, aliás, possuíam um agente em comum: o ácido salicílico. Além de esfoliante, o ativo reduz a contaminação por fungos e bactérias. Contudo, a Proteste alerta para o efeito rebote do uso exacerbado. Nesse caso, a pele fica muito seca e o organismo, como mecanismo de proteção, fornece mais e mais gordura. O indicado, portanto, é limitar o uso a duas vezes por dia ou, melhor ainda, seguir as recomendações de um dermatologista.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s