família

Luz do sol previne miopia em crianças e jovens

Cada hora ao ar livre diminui em até 2% o risco de desenvolver deficiência visual por Caroline Randmer | foto Getty Images | ilustrações Fernanda Didini

Uma revisão de oito estudos realizada por pesquisadores da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, relacionou as horas de exposição à luz natural com a incidência de miopia em crianças e jovens. Depois de analisar dados de mais de 10 mil participantes, o time inglês concluiu que a garotada míope gasta, em média, 3,7 horas a menos por semana ao ar livre quando comparada com quem tem uma visão normal. "Apesar de sabermos que a luz é essencial para o bom desenvolvimento dos olhos, o processo de como isso ocorre ainda não é claro", conta Maria José Carrari, oftalmopediatra do Instituto de Moléstias Oculares, em São Paulo. Brincar com o filho no parque pode ser a saída para evitar as lentes de grau. Mas não se esqueça de levar óculos de sol - para você e para o pequeno. Uma superexposição aos raios solares favorece o aparecimento de doenças como a catarata.

Sinais de que a visão não anda bem A criança normalmente acha que enxergar tudo borrado é normal. Então, fique atento a dores de cabeça sem motivo aparente, tropeços, olhos vermelhos e irritados, testa franzida e até a falta de envolvimento em atividades esportivas. Quem não vê direito prefere ficar em casa a sair com a família ou os amigos.

O que é a miopia? A curvatura de um olho míope é mais acentuada ou tem um comprimento maior do que o normal. Em qualquer um desses casos, a imagem se forma antes de alcançar a retina, o que dá a impressão de que tudo está distorcido. O problema geralmente surge na infância, mas tende a estacionar na casa dos 20. Sua principal causa é genética.



dieta dos pontos


sinta seu coração


receitas saudáveis





Rede MdeMulher
Publicidade