medicina

Herpes e catapora: o que eles têm em comum?

O vírus que provoca a catapora na infância, o varicela-zoster, pode causar outro problema na idade adulta, o herpes-zoster. Saiba mais sobre o assunto Por Adriana Toledo

Quem já ficou todo empipocado quando era criança e achava que a chateação tinha ficado no passado, deve saber que não está totalmente livre dela. "O mesmo vírus causador das pelotas vermelhas, o varicela-zoster, é também responsável por deflagrar outra doença bastante agressiva, o herpes-zoster", explica o clínico geral Paulo Olzon, da Universidade Federal de São Paulo.

Ele ataca as crianças, provocando aqueles sintomas típicos da catapora, como coceira, erupções vermelhas na pele e febre. Depois de todo esse transtorno, o micróbio invade os gânglios nervosos em busca de um abrigo. Lá, ele fica anos adormecido, sem provocar sintomas, o que dá a falsa impressão de que o problema ficou no passado. "Traiçoeiro, o vírus espera um momento de fragilidade do sistema imunológico para dar as caras", afirma Paulo Olzon.

É aí que o herpes-zoster aparece, acometendo os nervos de um dos lados do corpo, normalmente na região do tórax ou do abdômen. Ele se manifesta em forma de pequenas bolhas e vermelhidão na região acometida. O fato do micro-organismo atacar áreas nervosas faz com que, normalmente, o paciente sinta muita dor. Uma febre discreta também costuma aparecer. Felizmente, a crise regride, em geral, no prazo de sete dias.

Qualquer pessoa que já teve catapora está sujeita ao problema. "Porém, ele é mais comum em idosos e em indivíduos debilitados, com baixa imunidade", avisa Olzon.



dieta dos pontos


sinta seu coração


receitas saudáveis





Rede MdeMulher
Publicidade