medicina

Poluição faz mal ao coração

Poluição dá um aperto no peito
Ela não faz só mal para o ´ também sofre um bocado. Proteja-se dessa ameaça
por Anderson Moço | design Gisele Pungan | foto Dercílio

Basta que os níveis de poluentes atmosféricos subam um pouco e ultrapassem ligeiramente o que seria o limite aceitável para que os hospitais fiquem cheios de pacientes com queixas de dor de cabeça, tontura e, pior ainda, dor no peito alguns dos sinais da pressão sangüínea nas alturas.

Pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo, a Unifesp, mostraram a relação ao comparar os índices de poluição na capital paulista e a necessidade de atendimento médico a mais de 17 mil hipertensos. Notou-se que a procura por hospitais simplesmente triplica nos dias em que a qualidade do ar piora. Culpa, acredite, do monóxido de carbono e dos dióxidos de enxofre e de nitrogênio liberados aos montes pelos automóveis.

Os gases que saem dos escapamentos, diluídos na correnteza do sangue, irritariam nossas artérias. Dentre outras coisas, fariam o endotélio, o revestimento interno dos vasos, liberar altas doses de endotelina, um potente vasoconstritor. Aí a pressão vai lá no alto, explica o cardiologista Abraão José Cury, que chefiou o estudo. Não à toa, só em São Paulo o número de mortes por infarto e derrame cresce 15% nos dias mais esfumaçados.

Há quem apresente estatísticas até piores. Um trabalho publicado no periódico científico The New England Journal of Medicine mostra que o ar poluído das grandes cidades faz as chances de aparecer um problema cardiovascular aumentarem mais de 25% e, detalhe, os pesquisadores avaliaram durante seis anos 66 mil moradores de metrópoles com índices de poluição, digamos, mais aceitáveis, dentro dos limites, por assim dizer , eliminando dos complicados cálculos estatísticos dias de estado de alerta. Segundo o mesmo trabalho, para quem já é cardíaco, aspirar o ar sujo eleva em 76% o risco de morrer ou seja, para essa gente, o ideal seria se mudar para um recanto com atmosfera limpa.

 


dieta dos pontos


sinta seu coração


receitas saudáveis





Rede MdeMulher
Publicidade