família

Ausência do pai pode afetar saúde da criança

Pai ausente, filho doente
Pesquisas provam que a figura paterna é tão importante para a criança que, quando ela se sente relegada a segundo plano, acaba com problemas de saúde
por André Santoro | design Eder Redder | fotos Gustavo Arrais

Quem nunca presenciou uma cena como a que sugere a da foto ao lado? Imerso na leitura do jornal, o pai ignora o filho, que suplica por alguns momentos de atenção. Frustrada com a rejeição paterna que remédio? , a criança se retira e vai brincar sozinha ou com algum amiguinho. Se isso acontece uma vez ou outra, nenhum problema. Agora, caso vire rotina, ela pode levar para a vida adulta uma série de transtornos psicológicos. A curtíssimo prazo, ou seja, ainda na infância, esse distanciamento acaba até mesmo afetando a saúde do pequeno enjeitado.

Vamos abrir mão de preconceitos: as mães também podem assumir essa postura de pouco caso. Mas o que você vai ler aqui são revelações que focam a figura do pai. Um deles vem do outro lado do mundo. A pediatra Melissa Wake, do Royal Childrens Hospital, em Melbourne, na Austrália, acaba de realizar uma pesquisa com quase 5 mil crianças entre 4 e 5 anos. Ela descobriu que a incidência de sobrepeso e obesidade na garotada em idade pré-escolar tem relação direta com a negligência dos papais.

Por que isso acontece? Ninguém sabe ainda.



dieta dos pontos


sinta seu coração


receitas saudáveis





Rede MdeMulher
Publicidade