corpo

Aparelhos de academia: qual o melhor?

Em qual aparelho suar a camisa?
Você fica indeciso entre a bicicleta ergométrica, a esteira e o transport?Conheça as diferenças entre eles para escolher o melhor para você
por Thais Szegö | design Thiago Lyra | fotos Dercílio

Em clubes e academias, o trio é campeão na preferência de quem investe nos exercícios aeróbicos. Fique claro: ninguém deve optar por um ou outro antes da avaliação de um médico e de um profissional de educação física. E fique claro também: em qualquer um desses três, o exercício se torna muito, mas muito mais eficiente se você alterna a intensidade.

Segundo o jornal americano The New York Times, uma hora de ginástica em compasso que os americanos chamam de fast-slow, ou, traduzindo, rápido-devagar treino que no Brasil é conhecido como intervalado , é capaz de queimar 36% a mais de gordura do que o exercício contínuo muito forte. Isso porque o metabolismo se acelera para adaptar seu corpo à mudança de ritmo.

"Mas aí a atividade tem que ser mais puxada do que o normal", vai logo avisando o fisiologista Raul Santo de Oliveira, da Universidade Federal de São Paulo, a Unifesp. "Eu me refiro ao tempo", explica. "Quem troca meia hora de exercício intenso por 20 minutos de grande esforço somados a dez mais leves sai perdendo porque, no balanço final", gasta menos tempo na atividade forte, exemplifica Oliveira. "Mas, se mantiver a meia hora de exercício intenso intercalada por dois períodos de dez minutos de baixa intensidade, o ganho é certo", explica.



dieta dos pontos


sinta seu coração


receitas saudáveis





Rede MdeMulher
Publicidade