FAMÍLIA Mais de família >>

Estimulantes de apetite sem receita

Por Regina Célia Pereira | Design Robson Quinafélix | Fotos Dercílio

SAÚDE! fez o teste: visitamos algumas farmácias em busca de fortificantes sem receita médica. Basta dizer "Meu filho não come, o que posso dar a ele?" e o balcão logo se enche de produtos que, conforme anunciam os vendedores, são capazes de resolver facilmente o problema. O mais surpreendente é notar que boa parte desses suplementos, recomendados e vendidos livremente, contém algum anti-histamínico na fórmula. Os mais comuns são a ciproeptadina e a buclizina listado em meio a vitaminas e outros nutrientes. Em algumas embalagens essas substâncias recebem destaque e vêm associadas a promessas do gênero "um comprovado estimulante de apetite" ou "aumento de peso em uma semana".


Nayara Vieira Duarte, de 10 anos, recusava boa parte dos alimentos oferecidos pela mãe, Nalci Vieira. O pediatra constatou carência de ferro e receitou um fortificante, que logo abriu o apetite da menina.
 
 
Rede MdeMulher
Publicidade
logo abril Copyright © Editora Abril S.A. Todos os direitos reservados. All rights reserved