corpo

Escolha o tênis certo para você

Veja bem com qual tênis você pisa
As lojas oferecem uma infinidade de tipos, cada um com um sistema de amortecimento diferente. Mas será que toda essa tecnologia faz mesmo tanta diferença na hora do exercício?
por Thais Szegö | design Giovanni Tinti| fotos Aristides Neto |

Diante das mil e uma explicações do vendedor sobre o sistema de amortecimento de cada um dos modelos enfileirados nas prateleiras da loja, o pobre freguês que está pensando em se dedicar à corrida acaba achando que é mais difícil escolher o tênis ideal do que vencer a preguiça e passar da intenção à prática. Sem contar que os preços, nada sedutores, disparam a dúvida: será que vale investir tanto?

Os especialistas são unânimes na resposta: o mais caro não é necessariamente o melhor. E desfiam recomendações preciosas. "O fator mais fundamental de todos é que o tênis seja confortável", ressalta o professor de educação física Amauri Marcello, vice-presidente da Associação Brasileira de Academias. "Na hora de experimentar, calce os dois pés, porque pode haver diferenças entre eles", dá a dica o ortopedista e médico do esporte André Pedrinelli, da Universidade de São Paulo.

"O tênis tem que ser específico para a atividade física em questão", acrescenta, ainda, o professor de educação física Marcos Paulo Reis, da MPR Assessoria Esportiva e autor do livro Programa de Caminhada e Corrida (Editora Abril), da coleção SAÚDE! é Vital. "Vá a uma boa loja e dê ao vendedor o máximo de informações sobre o tipo de exercício que você pratica ou pretende praticar para que ele possa ajudá-lo a achar o tênis mais indicado", emenda o ortopedista Felipe Marion Alloza, do Instituto Cohen de Ortopedia, em São Paulo, que é especialista em traumatologia.

O seu tipo de pisada — neutro, pronador (para dentro) ou supinador (para fora) — também conta na hora da escolha. Para saber qual é ele, faça o teste, disponível em consultórios médicos ou nas boas lojas especializadas. Se isso não for possível, siga a sugestão do expert Marcos Paulo Reis: "Leve o seu tênis usado na hora da compra para que o vendedor possa avaliar o tipo de desgaste da sola e descobrir qual é o seu jeito de pisar".



dieta dos pontos


sinta seu coração


receitas saudáveis





Rede MdeMulher
Publicidade