saudeLOGO Created with Sketch.

Errou na planta? Pobre fígado!

Esqueça a balela de que remédios naturais não têm efeitos adversos. Se usados de maneira equivocada e sem a orientação de um profissional, eles podem fazer um mal danado

Um levantamento do Centro Médico Einstein, nos Estados Unidos, acusa que os casos de problemas no fígado provocados pelo uso de fitoterápicos cresceram 13% entre 2004 e 2013. Isso porque o órgão, responsável pelo processamento das medicações (sintéticas ou não), chega a ser comprometido por algumas moléculas presentes em plantas medicinais. “O uso indiscriminado pode provocar uma hepatite aguda ou evoluir para um processo inflamatório crônico”, alerta o hepatologista Aecio Meirelles, da Universidade Federal de Juiz de Fora, em Minas Gerais. “Daí a importância de informar o médico sobre o uso de chás e suplementos para que ele faça uma avaliação de eventuais riscos ao órgão”, completa. Os principais sintomas de que há algo errado com o fígado são enjoo, vômitos e olhos amarelados. Aliás, uma revisão de 23 estudos conduzida pela Universidade Federal da Bahia acaba de apontar os fitoterápicos mais associados a chabus hepáticos. Confira os principais logo abaixo:

Black Cohosh
Nome científico: Cimicifuga racemosa
Origem: Hemisfério Norte
Parte utilizada: Raiz
Apresentação: Infusão ou extrato
Uso: Alívio dos sintomas da menopausa

Cavacava
Nome científico: Piper methysticum
Origem: Ilhas do Pacífico
Parte utilizada: Raiz
Apresentação: Extrato ou cápsula
Uso: Tratamento de insônia e ansiedade

Fo Ti
Nome científico: Polygonum multiflorum
Origem: China
Parte utilizada: Raiz
Apresentação: Extrato ou tintura
Uso: Tônico estimulante e rejuvenescedor

Chá-verde
Nome científico: Camellia sinensis
Origem: China e Índia
Parte utilizada: Folhas
Apresentação: Infusão ou cápsula
Uso: Diurético, digestivo e auxiliar na perda de peso

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s